Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

DA CAPO Orquestra de Câmara faz concerto gratuito na Biblioteca Pública

Publicação:

DA CAPO deriva do termo musical da língua italiana que significa “Do início”
DA CAPO deriva do termo musical da língua italiana que significa “Do início” - Foto: Divulgação

Neste sábado, dia 16 de junho, a DA CAPO Orquestra de Câmara realizará um concerto a partir das 17h30min, na Biblioteca Pública do Estado (BPE), com participação do Duo Matte (piano e violino) e Quarteto de Cordas da Capo. Sob a regência de Gilia Gerling, o evento tem no repertório obras de Vivaldi, Bach e Piazzolla. A entrada é gratuita.  

DA CAPO deriva do termo musical da língua italiana que significa “Do início” O nome da orquestra expressa o objetivo do grupo, quando está em processo de ensaio: consciente de que pode pular alguns degraus, mas com a opção de começar do zero quantas vezes for necessário.

Seus integrantes tem origens variadas em termos técnicos, abrangendo desde o que nunca tocou em uma orquestra; aposentados, que não querem deixar o instrumento e jovens profissionais da música.

O objetivo é criar oportunidade para a prática de orquestra, enquanto trabalha peças  adequadas a todos os níveis, de maneira objetiva e clara. Cada integrante tem a oportunidade de tocar um concerto de sua preferência e de acordo com suas possibilidades técnicas.

Paralelamente ao ensaio-aula do concerto escolhido, são trabalhadas obras para orquestra de cordas, do barroco ao clássico, nunca dispensando um aquecimento com escalas. São bem-vindos todos instrumentistas que tenham em mente fazer música com seriedade, disciplina e muita paixão.

GILIA GERLING

Graduada em Filosofia pela Faculdade IDC; Teologia pela PUCRS; estudou Regência e Violoncelo na UFRJ e Regência Orquestral na Tanglewood Elementary School (EUA). Trabalhou como professora de violoncello e contrabaixo no Colégio Sinodal, no Colégio Evangélico de Ivoti, na Prefeitura de Caxias do Sul e no Instituto dos Meninos Cantortes de Novo Hamburgo, onde regeu a Orquestra Filarmônica. Atuou com Técnica vocal na Petrobrás. Foi regente dos corais na AMRIGS e Sultepa. Na PUCRS foi assessora na Pró-Reitoria de Extensão, onde fundou o Coral da Total Idade e regeu o Coral e Orquestra do Instituto de Cultura Musical.  

Serviço:

Dia: 16 de junho de 2018 (sábado)
Hora: a partir das 17h30
Local: Biblioteca Pública do Estado (Riachuelo, 1190)
Entrada franca

Locais

SEDACTEL