Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Recital homenageia professor Décio Andriotti

  • Data:
  • Local: Biblioteca Pública do Estado. Rua Riachuelo, 1190 - Porto Alegre - RS
  • Exportar evento (.ics)
O filósofo e historiador Décio Andriotti, referência na pesquisa da história da música erudita no Rio Grande do Sul
O filósofo e historiador Décio Andriotti, referência na pesquisa da história da música erudita no Rio Grande do Sul - Foto: Marcos Nagelstein / Agencia RBS

No dia 18 de abril (sexta), a partir das 19h, a Biblioteca Pública do Estado do RS (BPE-RS) sediará Recital em Memória do Professor Décio Andriotti, pesquisador e crítico de música erudita gaúcho, falecido no último dia 29 de abril, em Milão (Itália). O repertório contemplará os mais belos duetos e árias de óperas, gênero preferido do homenageado, contando com cerca de 20 artistas. O evento será realizado no Salão Mourisco do prédio histórico e tem entrada gratuita. 

Participam as sopranos Adriana de Almeida, Rosimari Oliveira, Raquel Fortes, Paola Bess, Liziane Rufatto, Giovanna Sartori; as mezzo-sopranos Luciane Bottona e Angela Dihel. Os tenores Eduardo Bighelini, Roger Scarton, Cesare Baricelli, Isaías Costa, Alexandre Borges, Giovanne Marquezeli e Jean-Marcel Lima; os baixos-barítonos Manoel Santos e Nelton Brasil. E ainda os pianistas Elda Pires, Rodolfo Wulfhorst e Sílvio Corrêa, além do Coral Frederico Gerling Junior, com remanescentes do Coral da PUCRS, entre outros.

No programa, fragmentos das óperas “Ernani”, “Macbeth”, “Rigoletto” e “La Traviata” de Giuseppe Verdi (1813-1901); “Tosca”, “Turandot” e “La Boheme” de Giácomo Puccini (1858-1924); “Don Giovanni” de Wolfang Amadeus Mozart (1756-1791); “Lakme” de Léo Delibes (1836-1891); “Cavalleria Rusticana” de Pietro Mascagni (186-1945); “Fedora” de Umberto Giordano (1867–1948); entre outras. 

DÉCIO ANDRIOTTI
Natural de Guaíba, Andriotti tinha 86 anos e faleceu em decorrência de complicações de um Acidente Vascular Cerebral (AVC) sofrido em janeiro último. De formação jesuíta, era bacharel em Filosofia, tendo lecionado História e Matemática no Colégio Catarinense, em Florianópolis e também nos colégios Parobé e Protásio Alves, em Porto Alegre. Apaixonado por música erudita, editou por 40 anos a Európera, onde divulgava a programação na área do exterior, viajando para a Europa e EUA duas vezes ao ano, para prestigiar as temporadas. Também era aficionado pela sétima arte, convivendo com os críticos P. F. Gastal, Goida e Hélio Nascimento. Ministrou cursos sobre ópera e musicais na Biblioteca Pública do Estado (BPE) - onde era sócio de sua Associação de Amigos há pelo menos 20 anos, um dos mais antigos – e em outros locais. 


SERVIÇO: 
Dia: 18 de maio de 2018 (sexta-feira)
Hora: 19h
Local: Biblioteca Pública do Estado do RS (Riachuelo, 1190, esquina com General Câmara), Centro Histórico de Porto Alegre.
Informações: Na BPE - telefone (51) 3224-5045
Entrada franca.

Locais

SEDACTEL