Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

“Desafios na Cultura para gestões públicas municipais” na pauta da reunião do Codic

Acompanhou o encontro o secretário Victor Hugo e o presidente do Conselho de Cultura Marco Aurélio Alves

Publicação:

DSC 0037
13170102-dsc-0037.JPG - Foto: Rodrigo Vizzotto/Sedactel
Por Rodrigo Vizzotto

Os desafios para as gestões públicas municipais frente às ações de Cultura e sua inter-relação com esferas estaduais e federais foram alguns dos assuntos debatidos na reunião do Conselho dos Dirigentes Municipais de Cultura – CODIC, vinculado à Federação das Associações dos Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs) nesta terça-feira (13). Na oportunidade, acompanhou o encontro o secretário estadual da Cultura, Turismo, Esporte e Lazer (Sedactel), Victor Hugo e o presidente do Conselho Estadual de Cultura, Marco Aurélio Alves. Mais 13 representantes dos municípios também marcaram presença.

A palestra “Desafios da Gestão Cultural Municipal”, ministrada pelo vereador de Igrejinha, Juliano Müller, foi o ponto alto da reunião. Na sequência, o titular da Sedactel enumerou as ações de sua pasta, como a inauguração da Sala da Música da Ospa no Centro Administrativo para 24 de março ou do edital nº 10/2017 “Estado e Municípios”, que prevê o montante de R$ 2,5 milhões para projetos financiados do Pró-cultura RS FAC - Fundo de Apoio à Cultura. Reforçou ainda, que diante do cenário e as dificuldades em tempos de crise, as realizações na área cultural prosseguem, sobretudo, com a integração da pasta com os segmentos de Turismo, Esporte e Lazer.

Outro ponto referenciado no encontro foi a preservação do patrimônio Cultural no Rio Grande do Sul,  que será tema de Seminário do Codic e Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico do Estado do RS (IPHAE). O seminário será voltado aos agentes públicos, técnicos administrativos e gestores de municípios gaúchos.

Já o presidente Marco Aurélio Alves também repassou a programação de eventos do Conselho Estadual e o lançamento da publicação dos 50 anos das atividades, todas a partir do mês de maio. Em sua colocação, fez o relato de seu acompanhamento sobre as ações e investimentos municipais, estaduais e federais na área cultural e traçou de suma importância a atividade e projetos destinados ao Interior gaúcho.

Após a reunião, Victor Hugo prosseguiu com a agenda com o presidente da Famurs, Salmo Dias.

SEDACTEL